Situação da Vida Real - Pressão alta no despertar matinal

Situação da Vida Real - Pressão alta no despertar matinal

“Doutor, sou hipertenso e considerado pelo meu médico como um paciente apto ao tratamento. Consegui perder peso, faço regularmente atividades físicas, como sempre com pouco sal, e tenho uma alimentação saudável. Além disso, tomo regularmente o remédio que me foi prescrito. Meu médico trabalha à tarde, e sempre o visito no final do expediente. Ele me diz que a minha pressão está bem controlada, e que devo seguir tudo conforme fui orientado. No entanto, percebo uma coisa que de certa maneira me preocupa. Noto que sempre acordo com a pressão um pouco alterada (fora da média). Isso é um dado importante para ser relatado ao meu médico?”

Sim, esse é um dado importante que deve ser relato ao seu médico para que ele promova uma melhor avaliação, e mesmo a pressão estando controlada ele poderá fazer ajustes em sua medicação. Mas, vou lhe explicar o motivo de minha resposta tão conclusiva.

O despertar matinal é sempre um momento crítico para o sistema cardiovascular. É como um motor de uma turbina que estava desligado (ou trabalhando na baixa), que de repente foi acionado. Existe uma liberação de vários hormônios, aumento da pressão, da freqüência cardíaca, e nesse momento pode acontecer verdadeiras tragédias como: enfarte e derrame.

 

Considera-se esse momento como a acrofase¹ que pode resultar na morte súbita. Vez em quando recebemos a noticia que fulano dormiu, e não acordou. É provável que ele até tenha acordado. mas esse despertar foi o determinante de sua morte inesperada. Dizendo isso, enfatizo que essa informação interessa a seu médico. e principalmente a você.

Seu médico irá fazer medidas de pressão que cubram esses momentos, e em função do resultado poderá reforçar sua medicação ou mesmo lhe fazer remédios que possibilitem um despertar mais protegido.

 


 

Marco Mota   
(CRM 718 – AL) Médico Cardiologista e integrante do
corpo clínico do Hospital do Coração de Alagoas

¹ Acrofase- Unidade de medida de tempo que antecede o pico de pressão arterial.

Voltar à vista geral