OMRON atinge 200 milhões de unidades vendidas

OMRON atinge 200 milhões de unidades vendidas

   Kyoto, Japão - Omron Healthcare Co. Ltd. anunciou em 05 de dezembro que suas vendas acumuladas de monitores de pressão arterial de uso doméstico superaram 200 milhões de unidades em todo o mundo em novembro de 2016.

   Quarenta e três anos se passaram desde que o primeiro monitor de pressão arterial da Omron (HEM-1) foi lançado em 1973. Hoje, seus monitores de pressão arterial estão disponíveis em mais de 110 países/regiões em todo o mundo, com uma participação de mercado de aproximadamente 46%¹. Em 2009, após trinta e seis anos do lançamento de seu primeiro monitor de pressão arterial, a venda global acumulada da Omron Healthcare foi de 100 milhões de unidades. Desde então, este mercado cresce constantemente globalmente, refletindo a crescente consciência em saúde do público em geral, e um aumento no número de pacientes com doenças relacionadas ao estilo de vida. A importância da monitorização da pressão arterial em casa também passa a ser extremamente recomendada nas sociedades. Como resultado, a Omron Healthcare atingiu seu marco de 200 milhões de unidades em vendas globais acumuladas em apenas sete anos. Nos últimos anos, a demanda por monitores de pressão arterial também cresceu em mercados emergentes, como China, Rússia e países da América Latina. Consequentemente, a escala mundial atingiu 40 milhões de unidades no ano fiscal de 2015, da região da China com 28%, Américas 26%, Europa 20% e outras regiões 12%.

    A missão da Omron Healthcare é "ajudar as pessoas ao redor do mundo a terem uma vida saudável e confortável”. Para cumprir esta missão, a Omron Healthcare aprimorou consistentemente sua exclusiva tecnologia de detecção biométrica. Ao mesmo tempo, tem buscado uma melhora consistente na precisão e na maior usabilidade possível, com o objetivo de permitir que qualquer pessoa realize facilmente medições precisas da pressão arterial. A Omron Healthcare também buscou evidências para estabelecer critérios para o diagnóstico de hipertensão arterial com base nas medidas de pressão arterial em casa. Isso, por sua vez, influenciou as diretrizes de hipertensão publicadas em todo o mundo.

    A Omron Healthcare também se comprometeu a promover atividades educacionais e de conscientização em colaboração com médicos, a fim de informar o público sobre a importância da monitorização da pressão arterial em casa. Como parte desse esforço, a Omron Healthcare tem fornecido monitores de pressão arterial e outros suportes para o estudo de Ohasama desde o seu lançamento em 1986. O estudo de Ohasama é o primeiro estudo de grande escala do mundo baseado em dados de pressão arterial monitorados em casa de residentes locais.

   Atualmente, estima-se que o número de pacientes hipertensos no mundo seja de um bilhão³, sendo que 17,5 milhões de pessoas sofrem de eventos cerebrovasculares ou cardiovasculares causados por hipertensão arterial⁴. Em muitos casos, esses eventos resultam em morte, ou então os pacientes podem ficar acamados ou sofrerem problemas de fala. Isso pode resultar em uma queda considerável na qualidade de vida dos próprios pacientes, bem como suas famílias.

   "Para a Omron Healthcare, esta marca de 200 milhões representa não apenas a realização de um objetivo, mas o início dos nossos esforços para o próximo desafio", afirmou Isao Ogino, presidente e CEO da Omron Healthcare. "Estamos determinados a continuar a criar monitores de pressão arterial e outros produtos que ajudem a prevenir doenças cerebrovasculares e cardiovasculares causadas pela pressão arterial elevada. Nosso objetivo é ajudar as pessoas em todos os lugares a levar uma vida mais saudável, mais gratificante e mais ativa”.


¹ - Pesquisa da Omron Healthcare (FY2015, base de valor monetário)

² - Pesquisa da Omron Healthcare

³ - Relatório Mundial da Saúde da OMS 2013

⁴ - Relatório Mundial da OMS 2015

Voltar à vista geral